Revista TPM

tamanho da letra
aumentar fonte
diminuir fonte

Caminho literário

Coletivo de arte novaiorquino preenche as ruas de Melbourne com livros iluminados
18.09.2012 | Texto: Natacha Cortêz

10 mil livros distribuídos pelas ruas da cidade de Melbourne, Austrália, foram o ponto de partida para a instalação Trânsito vs Literatura, do coletivo de arte novaiorquino Wooster Collective.

A ideia foi organizar os exemplares da forma como se formassem um caminho literário, preenchido por obras doadas por bibliotecas públicas que cederam o material por considerá-lo obsoleto. Os livros, abertos em posição de leitura, traziam pequenas luzes que não só possibilitam a visualização das páginas a qualquer hora do dia como causavam um lindo efeito nas noites da cidade que na época, junho deste ano, abrigava seu festival de inverno.

A instalação permaneceu por um mês e ocupou a Federation Square, um espaço público de arquitetura moderna e um tanto fria. Segundo o site do coletivo, a intenção era converter a rigidez do lugar em um espaço acolhedor, humano e íntimo, onde o hábito romântico da leitura pudesse instigar a tranquilidade.

Na noite de encerramento do festival, os livros foram oferecidos aos visitantes, que escolhiam o mais interessante para levarem para casa. As obras restantes foram doadas para motoristas que  dirigiam pela vizinhança. 

Vai lá: www.woostercollective.com